sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Eu não sei bem ao certo onde essa guerra começou, mas as vezes eu desejo que ela nunca tivesse acontecido. Digo as vezes pois os mesmos erros que levaram a isso também me ensinaram muitas coisas. Eu poderia desejar então aprender isso de outra forma, talvez fosse melhor... ou talvez não. Já disse e repito que ninguém sabe o que seria, cabe a nós apenas o presente. Nunca peguei minhas armas para ir a luta, não NESSA luta, ela é desnecessária, movida por ego, medo e erros. Ao contrário disso, tento encontrar o fim dela, de toda a maneira possível. É verdade que para isso muitas vezes vai ser preciso que eu me humilhe e abra mão dos meus sentimentos e algumas vontades, mas prefiro ser um perdedor humilde do que um ganhador orgulhoso.

Nenhum comentário: