Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2011

Loucura.

Imagem
O sol se levanta alegre no horizonte e o alarme do despertador soa acordando todos os inquilinos da casa. Ela não é grande, ou espaçosa ou bem arquitetada, mas serve como abrigo. A mãe acorda o filho para mais um dia de aula e prepara o café.
A criança sai para a escola e a mãe vai para o trabalho, pensando nas tarefas do dia e o planejando mentalmente durante o trajeto.
Na escola, as aulas correm normalmente, é uma manhã de quinta-feira rotineira, onde os professores exercem com paciência o desafio de ensinar e os alunos impacientemente recebem - ou ao menos fingem receber - todo aquele conhecimento. Seria apenas mais um dia comum se um barulho estranho não tivesse disseminado pânico e dor por aquela escola.
Logo pela manhã, barulhos de tiro interrompem a concentração de alunos e professores. O caos se espalha por todo os estabelecimento e o quietude é imediatamente trocada por agitação. É possível ouvir o grito das crianças, "Por favor, me deixa viver, me deixa ir embora"…