segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

É a vida, é bonita e é bonita...

Quando a gente pensa que tem todas as respostas; vem a vida e muda todas as perguntas.
Quando a gente supera; vem a saudade e nos faz reviver.
Quando a gente levanta; chega a luta querendo outra vez te derrubar.
E a vida é assim, um vai e vem, uma montanha russa de sensações e emoções. Dizem que leva anos pra se conquistar uma amizade e confiança e apenas segundos para destruí-la; que você pode fazer coisas em um min das quais se arrependerá pelo resto da vida; que leva metade do tempo que você ficou com uma pessoa para esquecê-la. Eu assino embaixo. Eu digo que ela é uma caixinha de surpresas, sempre trazendo - de volta ou pela primeira vez - algo que mexe conosco. É preciso sabedoria pra lidar com as situações, raciocínio pra não se entregar as emoções e ao mesmo tempo amor pra não deixar falar mais alto a razão. Porque as escolhas são assim: um equilíbrio de razões e emoções; a decisão entre o que você quer e o que é melhor para você. Mas mesmo com tanto zelo e cuidado, você não será privado de dores e frustrações, porém, tudo depende da maneira como você vê. Devemos entender que tudo é aprendizado, você pode tomar essas dores e frustrações como traumas ou como crescimento! Por isso como eu sempre digo, ja disse e repito: tudo depende de como você vê...
"E a pergunta roda, e a cabeça agita. Eu fico com a pureza da resposta das crianças... É a vida, é bonita e é bonita.." - O que é, o que é?/Gonzaguinha