sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Todo mundo já teve de passar pelo dilema de perdoar alguém. Embora isso hora ou outra acabe acontecendo, a verdade é que ninguém perdoa pra fazer outra pessoa feliz ou por altruísmo. Tanto porque, aos nossos olhos, quando de alguma forma somos profundamente magoados o que mais queremos é justiça, ou seja, que no mínimo aquela pessoa sinta a dor que um dia nos causou. Mas então por que perdoar? Simples: é uma escolha inteligente. O rancor e a mágoa também são formas de nos prender a alguém, mas a verdade é que quanto mais guardamos esses sentimentos, mais nos tornamos reféns. Perdoar é uma forma de libertar-se, de seguir em frente. Não é apenas deixar que o outro siga seu caminho, é uma forma de nos permitir seguir o nosso: sem medo, sem "nóia", sem preocupações.

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Receita do sucesso


É comum encontrar por aí livros que falam sobre o sucesso, comportamentos e atitudes que você deve ter para alcança-lo, alguns até trazem em tópicos descritivos, como se escreve uma receita. Pra ser sincera, eu nunca fui muito fã desse tipo de literatura, ou qualquer outro tipo de tema que pareçam auto-ajuda. As vezes eu me pergunto o que leva as pessoas a recorrerem a essas leituras, a pagarem para ter em mãos sugestões e conselhos - que devem ser bons, já que estão sendo vendidos - tão óbvios. A única conclusão que eu cheguei foi que as pessoas vivem tão ocupadas e preocupadas tentando desvendar o segredo da vida, tentando enxergar um ponto de luz no escuro, que deixam de enxergar o óbvio e a claridade da porta de saída. Sejamos clichês: o segredo está nas coisas simples da vida. É clichê, e exatamente por isso continua passando batido e as pessoas continuam procurando incansavelmente o que está bem abaixo de seu nariz. Não é a toa que esses livros, e palestras, e cursos e os mais variados recursos que abordam o tema passam como ingredientes do sucesso passos simples: vista-se bem, trate bem seu cliente, sorria, seja ético, não desista e tantos outros imperativos. Se existe receita certa ou não para o sucesso eu não sei. Mas o ponto que eu quero chegar é que existem pontos em comuns aos que chegaram lá: todos os que o alcançaram, nunca desistiram, nunca pararam. A maior descoberta que eu fiz na vida foi que as pessoas bem-sucedidas suaram a camisa pra realizar suas conquistas. Confesso que achava que tinha gente que havia nascido destinado para isso, que tinha "o dom da inteligência", do empreendedorismo, da ideia, da criatividade. Então ouvindo as mais diversas histórias dessas pessoas bem-sucedidas eu percebi que todas elas carregavam traços em comum, mas principalmente esses dois: fracassos e trabalho árduo. Todos eles tentaram pelo menos mais de 2x até que seu projeto "vingasse" e desse retorno. Além disso leram, pesquisaram e estudaram incansavelmente até recolherem o material e conhecimento necessário que satisfizesse as necessidades de seu empreendimento. Essa talvez foi uma das maiores escolhas que eu, como ser humano, fiz. Eu continuo acreditando que existem pessoas com maior facilidades para determinados assuntos do que outras e vice-versa, mas isso não é desculpa para não realizar algo! A minha conclusão é que com certeza existem comportamentos e atitudes cruciais para o encaminhamento correto de um determinado projeto/empreendimento/sonho, entretanto, nenhum deles surtirá efeito se não houver tempo e esforço empenhado em sua construção e, principalmente: persistência. Thomas Edison estava mais do que certo quando disse que "talento é 1% inspiração e 99% transpiração".