domingo, 20 de setembro de 2009

Despedida#


"Eu vou, mas volto pra te buscar" - ela disse com a voz trêmula e lutando contra a água que insistia em encharcar seus olhos. 'Eu não quero que você volte, eu quero que você não vá' - insistiu a pequena menina de olhos azuis antes de se jogar no colo da mulher de pele translúcida e cabelos claros. 'Não me deixa aqui' - sussurou entre soluços; ela odiava despedidas, não queria dizer adeus, mesmo que ele significasse apenas um 'até logo'. Com o coração na mão, a mulher a envolveu em um forte abraço, segurou-a pelos braços, lhe beijou docemente a face e com um leve suspiro se pôs de pé, deu-lhe um último olhar e foi caminhando para trás "eu vou voltar" prometeu com o movimento dos lábios e virou-se antes que as lágrimas começassem a rolar. Antes que pudesse chegar ao carro, sentiu um leve baque e algo envolvia sua barriga, algo pequeno, macio e magro. A menina estava disposta a fazer de tudo para impedi-lá de entrar naquele carro 'Eu PRECISO de você' - suplicava com a voz abafada pelo choro. A mulher, que procurava forças para fazer o certo virou, com a face tomada pelas lágrimas e pela dor, segurou delicadamente o rosto da menina, olhou em seus olhos, e com a voz mais serena que pôde fazer, disse "E eu preciso mais ainda de você! Mas muitas vezes somos obrigados a fazer o que não queremos para o bem daqueles que precisam de nós, eu não estou indo embora, imagine que iremos fazer uma viagem, e eu apenas estou indo na frente para preparar as coisas. Assim que tudo estiver pronto, eu venho te buscar!" - a voz agora já trêmula - "não importa onde eu esteja, nós estaremos sempre juntas aqui" - e em um gesto sutil, encostou a mão no lado onde se encontra o coração e por fim sussurrou "eu te amo" - beijou-lhe mais uma vez a face, um beijo de carinho, afeto, dor, sorriu docilmente, entrou no carro e se foi. 'Eu também te amo, mãe' sibilou a menina enquanto assistia o automóvel se distanciar e se perder ao virar a esquina.

3 comentários:

.lucas disse...

tão triste gorda, mas tão bonito...

Ana Luiza Verzola disse...

Profundo, bonito, totalmente cena de filme... Bom!

Gabriela disse...

você me fez choraaaaaaaaaaaar :~~ saudades amo você