sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Todo mundo já teve de passar pelo dilema de perdoar alguém. Embora isso hora ou outra acabe acontecendo, a verdade é que ninguém perdoa pra fazer outra pessoa feliz ou por altruísmo. Tanto porque, aos nossos olhos, quando de alguma forma somos profundamente magoados o que mais queremos é justiça, ou seja, que no mínimo aquela pessoa sinta a dor que um dia nos causou. Mas então por que perdoar? Simples: é uma escolha inteligente. O rancor e a mágoa também são formas de nos prender a alguém, mas a verdade é que quanto mais guardamos esses sentimentos, mais nos tornamos reféns. Perdoar é uma forma de libertar-se, de seguir em frente. Não é apenas deixar que o outro siga seu caminho, é uma forma de nos permitir seguir o nosso: sem medo, sem "nóia", sem preocupações.

Nenhum comentário: