quinta-feira, 10 de março de 2011

Desabafo


Existem momentos na vida em que tudo vai bem e não há do que reclamar. Cada dia nasce com uma nova agradável surpresa e a preocupação é pequena. Existem outros momentos, no entanto, que não são tão belos assim. As escolhas ficam mais complicadas, as conversas mais delicadas e tudo o que você disser poderá - e será - usado, em algum momento, contra você.
Nessas horas da vontade de "chutar o balde", dizer tudo o que você pensa/sente/acredita/quer e deixar que os outros se resolvam com os sentimentos deles. Ainda mais quando te tiram uma de suas paixões e não te permitem exercê-lá sem que alguém se sinta ofendido.
Pra ser bem sincera eu estou bem cansada disso: ser vigiada e julgada em cada passo que eu dou, em cada palavra que eu digo... Sinto como se todo mundo estivesse apenas esperando eu cometer algum deslize pra apontar e dizer: "eu te disse". Como se eu não pudesse ter minhas vontades, expressar o que eu penso ou ter o direito de errar. Como se o mais importante fosse estar certo e não ajudar.
Eu não sou perfeita - muito longe disso - vivo errando e aprendendo. Tenho amor a minha vida e mais ainda a Deus, o único motivo pelo qual eu não jogo tudo fora, o único motivo pelo qual eu sou quem sou e continuarei sendo.
Me desculpem, mas eu também sou humana, tenho sentimentos e preciso, de algum jeito, colocar isso pra fora. Não quero compreensão, explicações, desculpas, opiniões... Apenas dizer isso.

Nenhum comentário: